• Marina de Barros Collaço

Sobre responsabilidade:


Eu fico com o meu saco tão cheio de ouvir que eu deveria ser mais responsável com a minha doença, e vou te contar porque.

Eu fui para o congresso de diabetes e esqueci a minha bomba de insulina. SIM! EU FIZ ISSO.

E eu escutei de algumas pessoas por ali e por whatsapp "caramba meu como vc foi esquecer isso? puta merda, vc é uma irresponsável. Vc não se cuida, vc nao é nada responsável. Vc eh tipo ruim mesmo"

EPAAAAAAAAAAAA! PERA AI! CALMA LÁ! EU VOU RODAR A BAIANA AQUI!

Sim eu esqueci a bomba. Sim ela é vital para mim. Sim como é q eu fui esquecer? Bom, eu vou te contar como:

A bomba já é tão natural pra mim e faz parte do meu corpo que eu simplesmente não sinto se eu estou com ela ou não. Eu estava muito animada com o congresso, estava atrasada, tive que pensar em não esquecer mil coisas, entre: pegar medidor, tomar remédios, carregador de celular, caderno, glicose, tiras, óculos, uns livros que me pediram, dar comida pro coelho, tirar o carro do meu pai da garagem, ligar pro namorado, deixar uma encomenda no correio....e sim, a bomba que seria um dos itens primordiais nessa lista ficou em casa.

Percebi que eu estava sem a bomba depois de dirigir por 25 minutos, eu fui coçar o meu cateter e senti que ele estava sem o conector. Coloquei a mão no bolso na calça e PIMBA: ela não estava lá, onde deveria estar.

Eu poderia ter voltado para casa e buscado a bomba. Mas eu já estava quase chegando no congresso e pensei "caralho marina, é um congresso de diabetes, diabéticos e insulinas é o que não vai faltar ali dentro. Mantenha a calma". Ok. Imediatamente pensei em perguntar para as pessoas que eu conhecia qual a marca da bomba de insulina delas, pois, se fosse Roche (a mesma que eu uso), eu poderia apenas plugar o cateter da bomba e tomar algumas unidades com o passar do dia. A Renata, minha super nova amiga (e agora irmã de bomba) usa bomba medtronic. Bom, esse não é um problema, já que o reservatório da bomba deles permite que vc puxe insulina com seringa. Então eu só precisava de uma seringa.

Ok. Conseguimos uma seringa emprestada com a Sheila e tomei 5 unidades. Segurou bem legal até a hora do almoço, 230 marcada o Libre...até que bom por estar bomba.

A Renata mega ultra e super fofa contou todos os carbos que eu comi e me deu mais algumas doses. Fui usando a mesma seringa para aplicar na barriga e ia monitorando com o passar do tempo....

Só depois de algumas horas foi que uma amiga deu a ideia de que eu colocasse um cateter da bomba Medtronic, assim a aplicação seria muito mais fácil. Era só me conectar ao pâncreas dela e pronto!

E foi isso que fizemos. Ela tinha um cateter sobrando da bomba, pedimos um aplicador emprestado, e ZAP! Eu já tinha agora uma via de acesso ao líquido que me manteria bem e estável.

A Renata não só fez uma doação de órgãos pra mim, como foi uma querida, uma irmã, uma pessoa tão maravilhosa e incrível que eu nem sei ao certo como um dia poderei agradecer à ela por tudo o que ela fez naquele dia. Não só pelo fato de compartilhar insulina, mas pelas risadas, as fotos, a parceria, as conversas...tudo. Sinto que ganhei uma amiga pra vida toda.

Saindo do congresso dirigindo de volta para casa sozinha no meu carro percebi que a gente já tem responsabilidades demais na nossa vida, e o diabetes é apenas mais uma. Eu tinha conversado sobre isso com a Marina, uma amiga DM super fofa tbm, e que esqueceu de trocar a pilha da bomba e foi quase que decapitada em praça pública por esse erro....

É uma responsabilidade super importante sim, mas não deixa de ser só mais um ponto em que temos que nos preocupar. Quantas vezes vc esqueceu de tomar um remédio? Quantas vezes vc almoçou e esqueceu de se aplicar? Quantas vezes vc aplicou insulina a mais e teve uma hipo? Quantas vezes você teve uma hipo na rua e não tinha nada na sua bolsa para comer? Quantas vezes vc saiu de casa e não levou seu kit de insumos emergenciais? Quantas vezes vc esqueceu de medir a sua glicose na hora certa? Quantas vezes vc esqueceu de contar seus carbos? Quantas vezes vc deixou de ligar a bomba depois de pausar para tomar banho? Quantas vezes sua pilha acabou na rua e vc nao tinha outra para repor?

E agora: quantas vezes esqueceu seu celular? ou esqueceu de ligar para uma pessoa? esqueceu uma blusa no metro? esqueceu o óculos em cima da mesa?

As pessoas esquecem as coisas. E isso não as tornam irresponsáveis. Já temos o enorme peso de termos que lidar com tudo isso na nossa vida, não podemos deixar que essas coisas nos tornem menor. Não podemos permitir que as pessoas nos recriminem por isso. Não se sinta inferior por esquecer de cuidar de vc em algum momento da sua vida. Isso acontece com todo mundo. A grande diferença é que algumas pessoas tem uma grande dificuldade de assumir isso e mentem. Algumas pessoas se acham perfeitas, semi-deuses diabéticos da perfeição universal do reino divino e q nunca erram, mantem tudo sempre sob controle sem nenhuma adversidade na vida...#SQN

A pessoa que disser pra você que você é uma irresponsável por isso deveria colocar a mãozinha na consciência e pensar quantas vezes ela já esqueceu de fazer alguma coisa corretamente. Ou pior, quantas vezes esqueceu algo na vida dela...no cotidiano.

Precisamos de pessoas como a Renata, que estejam dispostas as nos ajudar e não a nos julgar... Precisamos de namorados que se disponibilizem a levar a bomba pra vc onde quer que vc esteja (e ele se ofereceu pra mim). Precisamos de mães que fiquem tão preocupadas a ponto de te ligar a cada 5 minutos para ver se vc tem mesmo uma amiga que compartilha insulina contigo. Precisamos de uma amiga que ofereça metade da insulina dela pra vc.

Repartir o pão = Repartir a insulina e os insumos.

Muito mais do que me ajudar, muito mais do que ser legal, muito mais do que não me julgar, muito mais do que se preocupar comigo, muito mais do que tudo isso, a Renata foi humana, como todos nós deveríamos ser, em todos os momentos da nossa vida.

Muito cuidado ao julgar as irresponsabilidades de alguém.

Amanhã é a sua pilha que pode acabar e você vai rezar para alguém tirar as pilhas do controle remoto e emprestar para você continuar funcionando....

Sinta-se normal por esquecer alguma coisa, algum dia, em algum momento. Isso só te torna humano, a única coisa que é uma máquina por aqui é o nosso pâncreas, e mesmo assim, às vezes ele dá pau.

#pulseiradeidentificaçãodiabetes #diabética #diabéticatiporuim #diabetestipo1 #diabetestipo2 #lada #mody #insulina #glicose #glicosímetro #glicemia #contagemdecarboidratos #bombadeinsulina #roche #medtronic #freestylelibre

0 visualização
  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round

© 2016 por Ateliê Digital Faz-Tudo para Diabética Tipo Ruim.  

Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser copiado e é protegido por lei.

Sujeito a penalidades criminais.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now